Saúde e bem estar

A sua vida, mais saudável.

Saiba como escolher o protetor solar ideal

Postado em 14 de dezembro de 2016


O verão ainda nem começou oficialmente, mas a temporada de sol e calor já está aberta. Praia, piscina, banho de mangueira, parques....as delícias da estação mais quente do ano estão esperando por você. Infelizmente, outro protagonista da época também: a radiação ultravioleta, principal responsável pelo desenvolvimento de tumores cutâneos.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer - INCA, o câncer de pele equivale a 30% do total de cânceres no Brasil, sendo o tipo com maior incidência no país, e está diretamente associado ao excesso de exposição ao sol. Sendo assim, a maneira mais eficaz de combater o problema é proteger-se dele com o uso correto de protetores solares. Mas você sabe como escolher o produto ideal? Conversamos com o dermatologista credenciado da Cabergs Saúde, Drº Damiê De Villa, e você confere a entrevista completa a seguir:

Qual a diferença entre protetor solar, bloqueador e bronzeador?
O bronzeador é um produto utilizado para auxiliar na aceleração do bronzeado, não oferece, necessariamente, proteção à radiação ultravioleta. O protetor solar e o bloqueador são utilizados para proteger a pele da radiação ultravioleta emitida pelo sol. Teoricamente, o bloqueador faria uma proteção completa da radiação emitida pelo sol na pele; porém, nenhum produto realmente cumpre essa função, apesar da maioria dos produtos se intitularem dessa forma.

Como definir o fator de proteção solar necessário para cada pessoa?
A melhor forma de definir o fator de proteção solar para sua pele é conversar com seu dermatologista. Algumas pessoas irão necessitar de fatores de proteção diferentes dependendo da sensibilidade individual que é definida por uma série de fatores.
Devemos sempre lembrar que, quando a exposição for intencional ao sol, como realização de atividades em parques e praias, a orientação é que se utilizem filtros solares com maior fator de proteção como fator 30 ou 50, dependendo da sensibilidade individual.

Como escolher o protetor solar mais indicado pra minha pele?
Além do fator de proteção, vários fatores influenciam na escolha do filtro solar, como a oleosidade da pele, tendência a manchas, acne, alterações cumulativas ocasionadas pela radiação ultravioleta, entre outras. Solicite o auxílio do seu dermatologista.

Para as pessoas que gostam de ter a pele bronzeada: como bronzear com segurança?
Na realidade, não existe uma forma de bronzeamento seguro, uma vez que, para que ocorra a estimulação do melanócito para produção de melanina, que confere a cor "bronzeada", teremos causado dano ao DNA celular da pele. Essas alterações são cumulativas, acelerando o envelhecimento e ocasionando alterações que podem levar ao surgimento de câncer da pele.

De quanto em quanto tempo deve-se repassar o protetor?
Quando realizamos exposição solar, devemos reaplicar o filtro solar a cada 2 horas e sempre que saímos de uma atividade na água. No dia a dia, geralmente temos que reaplicar o filtro 2 a 3 vezes.

A história de que o fator de proteção é cumulativo é lenda?
Não aumentamos a capacidade protetora do filtro solar com a reaplicação, apenas melhoramos o filme do produto. A reaplicação deve sempre ocorrer para que consigamos o fator de proteção indicado pelo produto, principalmente quando realizamos atividades ao ar livre.

As roupas com fator de proteção solar são suficientes contra o câncer de pele? É preciso utilizar, ainda, algum protetor solar?
Para as áreas cobertas pelas roupas com fator de proteção solar, elas são suficientes.

Da mesma forma, ao utilizar um guarda-sol com fator de proteção, é preciso utilizar proteção na pele?
Quando utilizamos um guarda-sol, ainda temos os raios solares refletidos pelas superfícies, isso faz com que tenhamos a possibilidade de ter câncer da pele e aceleração do envelhecimento e formação de manchas. Devemos aplicar filtro solar mesmo embaixo do guarda-sol e na sombra.

Os raios refletidos na areia podem causar câncer de pele?
Sim. Eles são quase tão danosos quanto os raios de incidência direta.

Drº Damiê De Villa – credenciado da Cabergs Saúde, médico dermatologista da Santa Casa de Porto Alegre e coordenador do Setor de Dermatologia do Kurotel - Centro de Longevidade & SPA

  • Categoria: Sua pele, Sua saúde
  • Tags:

Envie Seu Comentário