Saúde e bem estar

A sua vida, mais saudável.

A educação financeira começa na infância

Postado em 09 de junho de 2022


Você já deve ter percebido que o assunto do blog de hoje não é muito comum. A educação financeira não faz parte da cultura dos brasileiros e, apesar de não inserida no dia a dia, pode estabelecer as bases de uma equilibrada relação com as finanças na vida adulta. Mas como viver, consumir e poupar adequadamente? E tem mais, como educar jovens para não ter problemas com dívidas na fase adulta? Hoje vamos trazer ensinamentos que separamos para ajudar com este tema.

Saiba que a orientação financeira deve ser inserida desde cedo entre as crianças. Com algumas pequenas ações no cotidiano, sem que seja percebido pela garotada, elas aprenderão a planejar e a lidar com seus gastos, bem como buscar alternativas de como ganhar, investir e até mesmo gastar dinheiro de forma consciente.

Se a orientação for para crianças, você pode começar pelo clássico cofrinho: nele a criança poderá guardar dinheiro - e os mais pequenos adoram juntar moedas sem se dar conta do valor de cada uma - neste momento, aproveite para explicar porque é importante poupar dinheiro. Introduzir este tipo de assunto é essencial para que, aos poucos, a criança comece a entender o contexto geral para a educação financeira e facilitar a compreensão posteriormente.

A partir do momento que a criança já entende melhor o dinheiro, é possível criar a mesada ou semanada, para ela começar a entender melhor sobre gestão financeira; o próximo passo é a criação de metas, que podem ser de curto e médio prazo, quando a turminha vai começar a entender a necessidade de poupar uma quantia daquele valor que recebe na semana ou na mesada. O objeto da criança pode ser dos mais variados, como comprar algum brinquedo, livro, pelúcia e por aí vai: o importante é ela entender o que precisa fazer para atingir algum objetivo importante.

O responsável pela criança pode pagar por algumas tarefas. Isso mesmo! Crie lista de atividades em casa, como lavar a louça e tirar o lixo, por exemplo, assim você ensinará que trabalhar traz resultados. Por fim, para as crianças maiores e adolescentes, ofereça livros que sejam recomendados para a faixa etária.

Não esqueça: em todas as idades, explique a importância de saber gerir o próprio dinheiro e ensine através do seu exemplo!

  • Categoria: Sua saúde
  • Tags:

Envie Seu Comentário