Saúde e bem estar

A sua vida, mais saudável.

Como está o seu desenvolvimento motor?

Postado em 08 de abril de 2021


Movimente-se diariamente e sempre! O exercício regular pode incluir caminhadas, jardinagem, alongamento, subida de escadas e treinamento de força, como o uso de pesos leves ou faixas de resistência. Estudos mostram que as pessoas que se exercitam não apenas vivem mais, mas vivem melhor. O ideal é que, dependendo da idade, estes exercícios sejam acompanhados por um profissional, geralmente um educador físico.

Ao longo de toda a vida, nossas habilidades motoras vão se modificando e isso inclui até mesmo o padrão locomotor, como caminhar e correr. Manter uma rotina que faça essas habilidades ficarem ativas é importante. Aqui na Cabergs, por exemplo, o Programa de Bem com a Vida tem por objetivo estimular a adoção de condutas benéficas e prazerosas para a saúde, incentivando a prática de hábitos saudáveis, de autocuidado e o convívio em grupo. Desde 2020 o programa mantém em seu canal do YouTube muitos vídeos em parceria com a academia ACM de Porto Alegre, os quais estimulam a prática de exercícios para o público master. Todas terças e quintas-feiras os vídeos são publicados no canal do YouTube @cabergssaude e neles é possível encontrar vídeos de exercícios que vão trabalhar desde o equilíbrio, o alongamento dos músculos posteriores das pernas até a mobilidade da coluna para ajudar a tirar a tensão das costas.

É importante destacar que o desenvolvimento motor está diretamente relacionado ao desenvolvimento psicossocial e o nível de atividade física, inclusive ao longo de toda a vida, e influencia na sensação de bem-estar e humor, na imagem corporal, e até na melhora da depressão, pois também estimula a interação social. Manter as atividades físicas como parte da rotina favorece o envelhecimento saudável, para se chegar acima dos 60 anos mais disposto e com um desenvolvimento motor que contribua para os afazeres do dia a dia. Mas ainda que uma pessoa nunca tenha praticado exercícios, com o acompanhamento de um profissional da área é possível, mesmo já em idade avançada, melhorar a rotina através dos exercícios.
O ápice da performance em uma pessoa acontece entre os 22 e 30 anos e logo após esta idade o declínio já começa a acontecer. A influência dos declínios fisiológicos podem ser percebidos tanto na flexibilidade e no equilíbrio como no tempo de reação; neste caso é perceptível até mesmo em atividades diárias em casa, até mesmo ao entrar em um carro, por exemplo. Percebe-se também a diminuição da força e até da frequência cardíaca máxima. Para chegar na terceira idade com saúde plena, o equilíbrio é a chave.

Curiosidades sobre o envelhecimento!

Homens:
- a passada do homem fica cerca de 3cm mais curta;
- o homem idoso posiciona os pés para fora cerca de 3 graus a mais que um jovem;
- eles têm cerca de 1 grau de redução da extensão do tornozelo;
- a rotação pélvica diminui.

Mulheres:
- apresentam maior abertura dos pés para fora;
- têm um menor comprimento da passada;
- menor rotação pélvica do que as mulheres jovens.

  • Categoria: Sua saúde
  • Tags:

Envie Seu Comentário