Saúde e bem estar

A sua vida, mais saudável.

O verão chegou: proteja a sua pele

Postado em 15 de dezembro de 2014




Curtir o verão com tudo o que ele tem a oferecer, como sol, mar e calor, também pede uma série de cuidados. A radiação solar deixa a pele ainda mais suscetível ao envelhecimento precoce e outros problemas. Para não ter que resistir às atividades ao ar livre, é preciso saber o que fazer para proteger a pele. Conversamos com o Dr. Jonas Kosminsky, membro titular e especialista da Sociedade Brasileira de Dermatologia, para esclarecer as dúvidas mais frequentes:

Cuidados essenciais

Seja na praia ou na piscina, a recomendação é a mesma. Segundo Jonas, o principal é a fotoproteção adequada com a aplicação de bloqueador solar com FPS (Fator de Proteção Solar) igual ou maior que 30, conferindo um tempo de proteção em torno de cinco horas. Porém, atenção: "A reaplicação é necessária a cada duas horas em situação de beira da praia ou piscina, onde o sol é mais intenso, e sempre após banhar-se", recomenda. A indicação é essencial e indicada para todos os tipos de pele. 

Quem fica na cidade também tem dúvidas. Afinal de contas, a incidência do sol também é bastante forte nos centros urbanos, e ficamos naturalmente expostos aos raios na correria do dia a dia, certo? Jonas esclarece um caso comum do cotidiano. Ainda que dentro do carro, com os vidros fechados, não estamos protegidos dos raios ultravioleta. Somente os vidros insulfilm (película escura aplicada sobre o vidro) têm algum fator de proteção. Entretanto, não deixe de passar o filtro solar. Da mesma forma, os olhos não podem ficar de fora de cuidados ainda mais minuciosos nessa época do ano. Jonas recomenda o uso de lentes e óculos de boa qualidade para filtrar o contato do sol diretamente com a retina. 
 
Casos especiais

 "Algumas doenças que possuem despigmentação da pele, como por exemplo o vitiligo, requerem cuidados maiores e fotoprotetores mais altos, pois a pele afetada não possui a proteção natural da melanina, acarretando em queimaduras mais desagradáveis e consequentemente o possível aparecimento de câncer de pele", explica o especialista. Outro cuidado importante a ressaltar é o uso de hidratantes após a exposição ao sol para que a pele se mantenha hidratada, evitando seu ressecamento e consequente microfissuras, pois elas são uma porta de entrada para infecções de pele. Uma dica essencial? Dar atenção à sua alimentação, sempre. Como maior órgão do corpo humano, a pele reflete diretamente os hábitos do indivíduo. Então, melhor que eles sejam saudáveis, certo? "Alimentos leves e nutritivos e adequado consumo de água são tão importantes quanto se proteger do sol", alerta Jonas.

Aproveite o verão e boas férias!

*Texto revisado pelo dermatologista Dr. Jonas Kosminsky - CRM RS - 20982

  • Categoria: Sua pele, Sua saúde
  • Tags:

Envie Seu Comentário