Saúde e bem estar

A sua vida, mais saudável.

Fatores de risco e Prevenção

Postado em 13 de dezembro de 2018


Os fatores de risco e a prevenção do câncer de pele estão totalmente ligados. Pessoas que tomaram muito sol ao longo da vida sem proteção adequada têm um risco maior de desenvolver a doença. Isso porque a exposição solar desprotegida agride a pele, causando alterações celulares que podem levar ao câncer. Tomar sol é algo cumulativo, que fica registrado para sempre no corpo. Por isso que a prevenção deve acontecer desde a infância e durar por toda a vida.

E tem mais, lembrar da proteção apenas nos dias de praia é um erro. O protetor solar deve fazer parte da rotina de cuidados de qualquer pessoa. Ir trabalhar, passear no parque, pegar ônibus ou qualquer atividade fora de casa exige proteção contra os raios solares UVA e UVB.

Além da exposição ao sol, o histórico familiar também é um fator de risco. A história familiar de melanoma está presente em 10% dos casos e representa uma suscetibilidade genética à doença. Quanto mais próximo o parentesco e maior o número de familiares acometidos, mais significativo é o risco. Porém, embora os fatores de risco possam influenciar o desenvolvimento do câncer, a maioria não causa diretamente a doença. Algumas pessoas com vários fatores de risco nunca desenvolverão um câncer, enquanto outros, sem fatores de risco conhecidos poderão desenvolvê-lo. Ter um fator de risco, ou mesmo vários, não significa que você vai ter a doença.

Para prevenir o câncer de pele e outras lesões provocadas pelos raios ultravioleta (UV), é necessário evitar a exposição ao sol sempre que possível, principalmente nos horários mais intensos, ou seja, das 10 às 16 horas. Se a exposição for inevitável use chapéus, guarda-sóis, óculos escuros e filtros solares com fator de proteção 30 durante qualquer atividade ao ar livre.

  • Categoria: Sua pele, Sua saúde
  • Tags:

Envie Seu Comentário